segunda-feira, 31 de janeiro de 2011

Prisioneiro

A mente precisa ser livre
e parar de ser isso
a mente que joga com o abismo .
A mente devora em sã consciência
a sã consciência .
Alimento o vazio cheio de palavras
com a graça alinhavada
dos que não têm nada .

3 comentários:

Tatá R. da S. disse...

Esse poemeto me lembrou o seguinte trecho de uma música chamada "Maybe Not" da Cat Power:
" We all do what we can
So we can do just one more thing
We can all be free
Maybe not in words
Maybe not with a look
But with your mind. "
De fato a mente precisa ser livre.
Muito bom, gostei daqui.
=***

Wanderley Elian Lima disse...

Olá Naná
Quando a mente é livre, a vida é livre.
Bjux

O Jornal Tresler e a Espiral do Silêncio disse...

E eu tenho a estranha sensação que posso confiar mais no meu inconsciente do que no meu consciente. Deve ser uma questão de qual parte da mente tem algemas e qual parte não tem. Ou coisa de artista.

Naná,
obrigado pela visita em meu blog. Você tinha sumido. Acho que puxei sua orelha em um comentário meu. Espero que você não fique muito, muito braaava. rs
= )

Abraços!

Postar um comentário